Gostoso demais #4 – Pupunha cozida

gostoso-demais-pupunha-cozida-no-para-comida-brasileira-(leticia-massula-pra-cozinha-da-matilde)

A pupunha cozida é uma queridinha que entra na categoria pãezinhos do Brasil afora, com os substitutos do pão convencional, de farinha de trigo, no café.

Tá achando que todo mundo vive de pão “francês” com manteiga? São diversas opções muito além da bisnaguinha: Em Alagoas me fartei de milho assado todas as manhãs (vendido nos pontos de ônibus), em vários estados do Nordeste a gente topa logo cedo com banana-da-terra cozida, macaxeira, inhame e, é claro, o lindo do beiju. Isso sem falar no cuscuz, que alegrou minhas manhãs em Pernambuco e no Maranhão também.

Mas no Pará e em outros estados da Amazônia legal é a pupunha cozida que brilha muito no café da manhã e na merenda da tarde. Eu fui ao delírio no Ver-o-Peso com um saquinho delas que comi olhando para o rio, acompanhadas de um suco de taperebá, que se seguiu de um peixe frito com açaí e um bombonzinho de castanha pra arrematar e começar o dia fortinha! Ah, o Ver-o-Peso! :)

Lá na Amazônia eles até gostam do palmito da pupunha, mas o que não deixam sobrar são os coquinhos da palmeira cozidos apenas na água e sal, que a gente compra quentinho na rua, de manhã, e come com manteiga… aiaiai… dureza é não ter uma porção aqui do lado pra matar as saudades do Pará.

A massa da pupunha cozida rende vários preparos deliciosos e nutritivos, como pães, bolos, além de ficarem uma fofura como base para canapés, no lugar do pão. E já contei aqui que o doce feito dessa polpa fica incrível e não deve nadica de nada ao marron glacé!

E pra quem quer saber mais sobre esse delicioso fruto, tem um Sabe o que é especial sobre ele.

Gostou? Então passe a pupunha adiante, a cultura brasileira agradece!