Na Cabeceira 13 – Soul Kitchen, 2009

Soul Kitchen, 2009 – Dirigido por Fatih Akin

Quando lançaram no Brasil eu estava no meio de uma trabalheira insana e comi bola, passei batido… e foi o querido amigo Antonio Barbanti, aká Barbantinho, quem me recomendou Soul Kitchen, que assisti e comprei logo em seguida. Desde então, já revi algumas vezes e está entre meus filmes preferidos com o tema cozinha.

O filme não se passa em Amsterdã e sim em Hamburgo, mas tem o climão Amsterdã, e durante os dias que estive lá várias vezes me peguei pensando no filme e com vontade de revê-lo, mais uma vez.

É um filme frenético, que te prende do início ao fim!

Conta a história de dois irmãos gregos radicados na Alemanha. Um deles dono do Soul Kitchen – um restaurante decadente em uma região underground da cidade – e o outro recém saído da prisão e que acaba virando o dj do restaurante.

Aos dois se junta um chef de cozinha talentoso e temperamental que resolve ajudar na recuperação do restaurante elaborando um menu haute cuisini, além de uma garçonete, um garçon que toca em uma banda de punk rock, um especulador imobiliário, uma fisioterapeuta e um pescador grego que subloca uma parte do prédio do restaurante… e a partir daí muita água rola por baixo da ponte, muita comida boa sai da cozinha ao som de uma das melhores trilhas sonoras que já ouvi em um filme.