Na Cabeceira 16 – Os Comes e Bebes nos Velórios das Gerais

Os Comes e Bebes nos Velórios das Gerais

Dea Rodrigues da Cunha Rocha – Ed. Auana

Há muito que deixei de acreditar em coincidências. Prefiro falar em sincronicidade. Faz muito mais sentido para explicar como este livro veio parar em minhas mãos, justo no dia em que minha avó Maria decidiu que banquetes, dali pra frente, só no céu… Livro e notícia chegaram juntos e eu acreditei mesmo que foi a maneira dela de me dizer até mais.

Dias depois, também por caminhos tortos, foi a vez da autora do livro, Dona Dea, aparecer aqui em casa, e aí a prosa foi longa e cheia de memórias do triângulo mineiro (Dona Dea é de Uberaba e minha família de Uberlândia).

Estão ali várias receitas da minha infância, nomes de quitandas que eu já não me lembrava mais – alguém aí já ouviu falar de Mané pelado? Pau a pique? Cueca virada? E ainda, três receitas diferentes de pão de queijo. E entre uma receita e outra, deliciosos causos de Dona Dea. Enfim, o livro é um mimo!