Outras Cozinhas 43 – Soveteria Bicota – Uberlândia

bicotaSorveteria Bicota – Uberlândia

Durante as férias fomos à Uberlândia. Fazia tempo que não dava uma passada por lá. Que saudade, como amo aquela cidade! Cada rua, esquina, praça, construção tem um pedacinho de mim, pura memória afetiva. Estar em Uberlândia me enche de alegria. Momento só meu de estar com pessoas que amo, revistar cheiros, sensações, memórias e sabores. Recarregar as baterias de mim mesma, do que sou de verdade!

E além de estar com pessoas queridas e de matar a saudade de olhar a cidade, é claro que rememorar sabores é parte indissociável do pacote!

E se o assunto é gostinho de Uberlândia, a sorveteria Bicota é um clássico. Inaugurou quando eu tinha 6 anos, e está lá no mesmo lugar até hoje. Uma cena clássica da minha infância era seguir minha mãe rumo à nossa casa com uma casquinha de dois sabores da Bicota nas mãos. E eu, uma tampa, nunca dava conta de acompanhar o sorvete que ia derretendo e me obrigada a lamber os braços, para salvar gotas fujonas! Na adolescência, era na pracinha da Bicota que rolava um dos points da cidade aos domingos, com muita azaração e namoricos regados a muito sorvete!

Afetivamente não tem como negar a Bicota na minha vida, mas o que estava curiosa era se depois de tanto tempo, e de estudar um bocadinho sobre sorvetes, eu ainda iria achar o sorvete da Bicota tão bom, tão perfeito como me lembrava…

Logo que chegamos, por volta do meio-dia, já tinha uma pequena fila. Fiquei um pouco ressabiada porque mudou o esquema, agora é self-service… o que não é um bom indício, né mesmo?!

Comecei com uma das minhas combinações favoritas de infância: coco branco+coco queimado. Uia. Quase gemi. Muito melhor que eu me lembrava. Textura perfeita, muito sabor, doce na medida.

Passei para a segunda combinação favorita, essa bem gosto de criança: morango+toda fruta – ambos sorbets (sem leite, apenas fruta) – maravilhosos! É sério, em poucos lugares tomei sorbets com a textura tão delicada, impressionante.

Aí parti pro abraço: abacaxi+ameixa, e se os outros sabores já tinham me arrebatado, o de abacaxi matou a pau, tanto que repeti mais 3 vezes abacaxi puro… o resumo da ópera, almoçamos sorvete e eu sozinha dei cabo a quase meio quilo! Acho que não é preciso dizer mais nada sobre a qualidade, né?

Ficou com vontade? Vale pegar um vôo ou tomar um ônibus só prá encher a cara de sorvete!