Salada de pinhão com tangerina

A semana está atravancada, muito trabalho por fazer, mas ao menos uma receita simplesinha, e com um dos produtos mais bacanas da estação, eu tinha que publicar aqui. Por conta da correria vai sem harmonização, não houve tempo hábil de enviar para a dupla Marcelo/Marina, mas semana que vem eles estão de volta.

Eu estava com um saco de pinhões colhidos no quintal da minha tia Neusa, lá em Gonçalves (MG), resolvi juntá-los com tangerina (outro hit da temporada) e fazer uma saladinha bem gostosa, que fica perfeita como acompanhamento de carnes ou pra comer purinha!

E como o assunto é pinhão — uma coisa leva a outra — resolvi aproveitar o post para divulgar um livro muito bacana que tenho aqui, e que está disponível para encomendas (pedidos via Fale Conosco).

Trata-se do Sabores e Saberes do Pinhão, que a Marise Egger Moellwald — uma amiga querida trouxe pra mim, e que foi feito por mulheres do município de Cunha, SP, apoiadas pela Organização Serra Acima em 2008.

Mas essa história elas contam direitinho no livro e eu reproduzo aqui:

“Saborear o pinhão é a arte que o nosso grupo de mulheres desenvolveu e está apresentando a você neste livro.

Moradoras de vários bairros da zona rural do município de Cunha, participamos ativamente na coleta, escolha e comercialização desse produto.

Durante uma série de encontros realizados a partir de maio de 2008, apoiados pela Serra Acima, nós conversamos sobre os problemas da vida na roça, as alegrias e tristezas do dia a dia – e enquanto isso a gente ia trocando e provando receitas de pratos feitos com pinhão.

A gente cozinhou, triturou, assou, misturou e provou tanto pinhão, que dessa festa nasceu este livro com receitas saborosas para você experimentas e histórias para você curtir.”

Eu só tenha a dizer que o livro é lindo, com ilustrações muito bacanas e receitas deliciosas como pesto, paçoca, nhoque, pão, picadinho, bolinho… tudo de pinhão! Prova da versatilidade dessa semente!

Ficou com vontade de comer pinhão? Então manda ver nessa saladinha pra acompanhar o churras do finde, eu garanto: vai fazer sucesso!

Essa salada é bem fácil de fazer, na verdade é um vinagrete de pinhão, por isso fica tão gostoso para comer com carne. O toque especial fica por conta do suco e das raspas da tangerina e, para os amantes de pimenta como eu, quanto mais ardido melhor.

Ingredientes – 4 porções

  • 2 xícaras de pinhões cozidos ou assados (a gosto do freguês, eu prefiro assados), sem casca e partidos ao meio
  • gomos de uma tangerina fatiados
  • raspas de uma tangerina
  • ½ cebola roxa fatiada finamente
  • 2 colheres de salsinha e cebolinha fatiadas finamente
  • 1 pimenta dedo-de-moça fatiada (com semente para quem gosta de ardido ou sem para quem não gosta)
  • ½ colher de suco de limão
  • 1 colher de suco de tangerina
  • 4 colheres de azeite extravirgem
  • flor de sal e pimenta-do-reino moída na hora

Modo de fazer

Faça uma emulsão dos sucos de limão e de tangerina com o azeite. Reserve.

Misture o pinhão, a cebola, as raspas e os gomos da tangerina e a pimenta dedo-de-moça. Salpique de flor de sal e pimenta-do-reino moída na hora.

Regue com a emulsão e misture bem. Fica melhor depois de meia horinha (pega mais gosto do tempero).

Bom apetite!

Ah, e fica a dica: Cunha é uma cidade linda com milhões de coisas bacanas para fazer, muita comida boa, e muitos ateliês com cerâmicas de alta temperatura de tirar o fôlego! Eu recomendo!