Vitrolinha – São Paulo 459

Para comemorar o aniversário da cidade, escolhi algumas músicas de figuras tradicionais da cidade. Pulei Sampa, Trem das Onze, Pobre Paulista ou Pânico em SP, os tradicionais convencionais. Mas deixei os tradicionais-tradicionais, saca só:

sampa-sampa-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

São Paulo tem samba, como diz Geraldo Filme, é só ir no Bexiga:

Paulo Vanzolini, escreveu este bolero imortal, aqui com a Inezita Barroso:

Iracema, ali na av. São João, que tristeza, né Adoniram Barbosa?

São Paulo em inglês, com o Morcheeba

Tulipa Ruiz toda faceira pela rua Augusta

Nana Rizzini, essa querida, busy in the city:

Rita Lee, mais Sampa impossível, perdida na cidade

Tom Zé narra uma briga das grandes:

Itamar Assumpção com um convite-guia, e participação da Rita Lee:

Sim Criolo, tem sim!