16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres

Hoje é o Dia Internacional da Não Violência contra Mulheres, justa homenagem às Irmãs Mirabal da República Dominicana, heroínas latinoamericanas que enfrentaram uma ferrenha ditadura e em 25 de novembro de 1960 foram assassinadas por essa mesma ditadura. Já contei essa história aqui.

Durante 5 anos fui da coordenação da Campanha 16 Dias de Ativismo que busca estabelecer um elo simbólico entre violência contra as mulheres e direitos humanos, enfatizando o fortalecimento da auto-estima da mulher e seu empoderamento como condições para sair das situações de violência.

Essa Campanha começa hoje no mundo inteiro (são mais de 130 países que fazem parte), no Brasil começa um pouquinho antes pois incorpora o dia 20 de novembro, dia de denúncia, protesto e resistência em memória do martírio e morte de Zumbi de Palmares no ano de 1695.

E eu não podia me furtar de deixar aqui meu recado: