Carré de cordeiro com coalhada seca, confit de alho e tomates assados

A segunda receita com o cordeiro da Fazenda Santa Ignácia é com o carré, que traz um pedaço do contrafilé ainda ligado ao osso. Além de brilhar muito em jantares bacanudos, também é uma ótima pedida pra quem curte finger food, já que o ossinho é na medida pra gente segurar enquanto come, e eu acho uma lindeza servir, em festas, potinhos com esses “pirulitos” de carne.

Pra essa receita acrescentei coalhada seca, alho confitado e um toque especial de pimenta Baniwa.

receita

carre-de-cordeiro-santa-ignacia-com-coalhada-seca,-confit-de-alho-e-tomates-assados-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

 

Ingredientes (4 porções)

Carré + tomatinhos

  • 8 carrés de cordeiro
  • 4 colheres (sopa) de coalhada seca
  • 1 colher (café) de pimenta baniwa
  • 1 colher (sopa) de azeite extravirgem
  • 12 tomatinhos
  • 2 porções de rúcula e espinafre
  • 2 colheres (sopa) de melaço de romã (pode substituir pelo melaço de cana ou por mel)
  • azeite extravirgem
  • sal a gosto

carre-cordeiro-santa-ignacia-3-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Alho confitado

  • 6 dentes de alho laminados finamente
  • ½ xícara de azeite de oliva
  • 1 colher de hortelã chiffonade (lâminas finas)
  • sal a gosto

Modo de fazer

Alho confitado

Em uma frigideria pequena, de fundo grosso, leve o alho, o azeite e uma pitada de sal ao fogo baixo (se possível, coloque uma chapinha entre o fogo e a frigideria).

alho-confitado-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Durante a cocção, faça movimentos circulares para que o alho cozinhe por igual e não deixe o azeite ferver, retirando a panela do fogo sempre que necessário para baixar a temperatura.

Finalize com o hortelã.

Tomatinhos assados

Preaqueça o forno na potência alta.

Disponha os tomatinhos em um refratário e leve ao forno por cerca de 20 minutos.

tomatinhos-assados-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Carré

Pincele os carrés com azeite, polvilhe com sal.

Preaqueça uma frigideira de fundo grosso. Disponha os carrés por um minuto de cada lado.

Montagem

carre-de-cordeiro-santa-ignazcia-passo-a-passo-(leticia-massula-para-cozinha-da-matilde)

Faça um berço com folhas de rúcula e de espinafre em uma travessa ou tábua, acrescente os tomatinhos.

Disponha os carrés e sobre cada um deles uma colher de coalhada seca. Polvilhe a coalhada com a pimenta baniwa.

Regue tudo com o confit de alho e finalize com um fio de melaço de romã.

Bom apetite!

Texto e fotos: Letícia Massula – Revisão: Valéria Pandjiarjian

Harmoniza com…

para beber

por
marcelo pedro

Já estava queimando a cabeça para não ser repetitivo nesta harmonização, uma vez que harmonizei a picanha de cordeiro com vinhos, quando a Léti me sugeriu pensar em uma cerveja para acompanhar o carré. Afinal, por não ser grande e ter o ossinho para segurar, seria como finger food, assim mais informal e pediria uma cerveja. Pois bem, aceitei a sugestão e pensei numa boa cerveja belga, só para variar.

Na verdade, quase todas as cervejas claras, principalmente lagers vão bem, mas tenho uma queda pelos belgas e suas cervejas aromáticas, com sabor mais adocicado, mas bastante alcoólicas e encorpadas. Mas peraí, não é um contrassenso, uma cerveja encorpada com uma carne mais suave? Não, se você pensa em uma refeição, em que a bebida complementa a comida. Além disso, não precisa ser uma cerveja trapista, super alcoólica.

Que tal uma blanche, como a a Hoegaarden, que tem sabores de especiarias e que vão casar muito bem com a coalhada seca? Ou então uma cerveja de abadia, como a Maredsous blonde? Ela é bem leve, apesar de 6% de conteúdo alcoólico, tem bastante sabor de frutas, malte suave e um final de lúpulo bem marcante, mas sem exagero no amargor. Então, carré numa mão, cerveja na outra e saúde!