Geléias: Torta da Tia Sueli (frutas silvestres) e Salada de verdes com nozes, cogumelos e vinagrete de frutas silvestes

Na ultima semana eu e Lara fomos convidadas pelo Edoardo, da Homemade, para conhecer a fabrica e a linha de produção de geléias. Eu que nunca tinha conhecido uma indústria de alimentos por dentro adorei a visita, foi muito legal descobrir como é feito todo o processo.

No fim da visita ele perguntou se nós não criaríamos algumas receitas para ele usando geléia, mas que fossem preparos fora do café da manhã. Eu, que há tempos tinha duas receitas assim na manga para fazer qualquer dia, adorei o desafio, Lara também topou na hora.

Aproveitei a oferta de frutas silvestres no sacolão, groselhas inclusas, e finalmente fiz aqui pro site uma torta muito tradicional na família, a Torta da Tia Sueli,que além de simples de fazer tem uma das melhores receitas de massas ever, amanteigada e saborosíssima!

Pro desafio ficar completo, fiz também uma salada que adoro, com um vinagrete muito especial, equilibrado com uma colher de geléia de frutas silvestres.

Adorei o resultado. Como tudo que a gente faz com frutas vermelhas, os preparos ficaram lindos e foi uma delícia receber um grupo de amigas queridas, dos velhos tempos de militância feminista, com uma mesa linda e saborosa.

Vamos às receitas:

Receita 1

Essa receita é tradicional na família, foi a querida Tia Sueli que ensinou para minha mãe e desde então virou um dos preparos queridinhos lá de casa. Como fica uma torta linda, era com ela que minha mãe impressionava as visitas. Eu achava a coisa mais chique do mundo e ficava torcendo por uma boa ocasião para fazer.

Como disse, o segredo é a massa amanteigada, tão saborosa que nunca deixo ter sobras, depois que forro a forma, sempre uso os retalhos de massa para fazer tortinhas e biscoitinhos com pecãs embebidos no licor nocello, perfeitos para acompanhar chá preto.

Ingredientes – 1 torta

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 150 g de manteiga sem sal
  • 3 colheres de açucar
  • 3 xícaras das frutas silvestres da sua preferência, eu usei morangos, mirtilos, framboesas e groselhas
  • 1 xícara de geléia de frutas silvestres

Modo de fazer

Massa

Misture a farinha, a manteiga e o açucar e sove a té obter uma massa lisa e homogênea.

Espalhe a massa pelo fundo de uma assadeira de fundo removível, o mais fino que conseguir. Muita atenção e cuidado com as bordas que não podem ficar muito finas pois queimam.

Com a juda de um garfo fure toda a massa para que não forme bolhas enquanto assa.

Leve ao forno pré aquecido na potência alta por 5 minutos e então abaixe para a potência mínima por mais 3 minutos ou até que as bordas comecem a dourar, como na foto. MUITA ATENÇÃO COM O FORNO, PISCOU, A MASSA QUEIMA!

Retire do forno e espere esfriar antes de começar a montagem.

Recheio e montagem

Disponhas as frutas vermelhas harmoniosamente sobre a massa;

Regue com a geléia  de frutas silvestres aquecida em banho maria.

Pode ser servida com a geléia ainda quente ou fria, e também fica deliciosa acompanhada de sorvete ou de creme azedo!

Bom apetite!

Receita 2

Ingredientes – 4 porções

  • 4 porções de verdes variados;
  • 1 xícara das frutas silvestes de sua preferência (morangos, mirtilos, framboesas, groselhas);
  • 1/2 xícara de nozes;
  • 1/2 xícara de cogumelos paris ou portobelo laminados;
  • 1 colher (chá) de geléia de frutas silvestes;
  • 1 colher de vinagre de framboesa ou de champagne;
  • 3 colheres de azeite extra virgem;
  • flor de sal e pimenta do reino moída na hora.

Modo de fazer:

Vinagrete: dissolva a geléia no vinagre; acrescente o azeite em fio misturando sem parar até obter uma emulsão.

Disponha os verdes em uma travessa, acrescente as frutas silvestres, as nozes, os cogumelos laminados (a maior parte das pessoas não sabem, mas cogumelos crus são deliciosos!).

Regue com emulsão, polvilhe com flor de sal e pimenta moída na hora.

Gostou? No Sem Medida, da Lara Januário você confere mais uma receita muito bacana com geléia!

 

PS- Hoje não haverá harmonização por culpa exclusiva minha… estou em viagem de férias e acabei me complicando para enviar a receita à Marina em tempo hábil…