Omelete e fritada

Como o assunto é omelete a primeira coisa que me vem à cabeça é a cena do ometlete de arroz no filme Tampopo – os Brutos também comem espaguete. Sou encantada com a técnica empregada, é lindo ver a omelete se formando no cantinho da sautese:

Uma das coisas que as pessoas mais confundem é a diferença entre omelete e fritada:

Na omelete o recheio é colocado no centro, na fritada o recheio é batido junto com os ovos. Aqui no Brasil, em geral, fazemos fritadas e não omeletes, já que temos o hábito de bater os ovos com temperos, mas um ou outro, o que importa é que ambos são deliciosos!

Omelete

Bata os ovos com sal e pimenta.

Derreta manteiga sem sal em uma frigideira anti-aderente.

Acrescente os ovos espalhando-os de maneira uniforme sobre todo o diâmetro da frigideira.

Com a ajuda de uma espátula mexa o cento da mistura para que o ovo coagule.

Se desejar, coloque no centro da omelete ainda aberta o recheio de sua preferência.

Ainda com a espátula dobre o lado mais próximo de você para o centro e então dobre o outro lado sobre o primeiro, formando um envelope.

Leva a frigideira para perto do prato de servir, incline-a para que a omelete escorregue sobre ele com a abertura voltada para baixo.

Dicas:

1- Muito cuidado com o controle do calor! A omelete deve ficar clara, úmida e macia. Uma das coisas que faz com que uma omelete não fique boa é passar o ponto de cozimento, ela ficará seca e com gosto terrível de ovos queimados.
2- Trabalhe rápido, uma omelete deve ser feita no máximo em dois minutos!
3- Nunca use mais de seis ovos por omelete.
4- A receita acima é da omelete dobrada, o recheio vai no interior. Já a omelete francesa o recheio é colocado depois, com a omelete já dobrada no prato. Você deve abri-la com o auxílio de uma faca e então introduzir o recheio, fica linda!

Dicas de recheios para omeletes:
Queijo ralado e tomates em cubinhos
Tiras de bacon crocantes com folhas de espinafre
Salmão defumado com endro fresco
Presunto cru com aspargos.
Cogumelos com ervas.