Especial 12 horas de Boteco

12h-boteco-luizNo sábado fomos ao tradicional evento 12 Horas de Boteco do Bar Luiz Fernandes, a convite do Matheus Cavaliere do Kanoa Eventos e também para prestigiar a querida Marina Novaes que foi a DJ da noite.

Eu, que tenho pé atrás com festas grandes, fiquei surpreendida com a organização impecável, nem parecia que estava em um evento para 3.000 pessoas.

Além da Marina, que comandou as pick’ups durante os intervalos, diversas bandas tocaram ao longo da noite em homenagem aos 100 anos do Baião, perfeito para quem queria dançar coladinho com seu benzinho em uma sala de reboco!

Mas o que chamou mesmo atenção foi a comida… caímos de boca… delícias pra todos os gostos: além dos bolinhos de Dona Idalina, vedetes da noite, espetinho, sanduba de calabresa e de pernil, caldinhos, acepipes de balcão e duas ótimas surpresas: o Rota do Acarajé da Luísa e do Gil, com direito a um tabuleiro lindo com baianas montando acarajés na hora, e o Mocotó, que serviu baião de dois, caldinho de feijão com farofa de torresmo e o famoso dadinho de tapioca com melaço e pimenta.

Tudo perfeito, fresquinho, quentinho e, em que pese o tamanho do evento, com filas pequenas e rápidas para quem, como eu, quis experimentar e repetir todas as delícias da noite. Difícil foi parar de comer, fiquei que nem criança em parque de diversão, Marcelo então, melhor nem comentar.  E, de quebra, ainda encontrei a querida Kelinha Stein dando apoio ao maridão Julien Mercier que estava trabalhando com a equipe do Mocotó.

Um festerê que super recomendo, pena que só acontece uma vez por ano! Fique de olho e não perca o do ano que vem, com certeza a gente vai se encontrar!