Casa Claúdia – Mieg Kum – petisco thai

E não foi só no Paladar que a Cozinha da Matilde apareceu, saiu também uma matéria mega bacana na Casa Claúdia sobre chefs que recebem em casa! Estamos todas pimponas, mega orgulhosas!

 

 

 

 

 

 

 

Como receber

Chefs recebem em casa

A tendência de morar em trabalhar no mesmo endereço chegou ao mundo da gastronomia: Estes dois chefs paulistanos abrem sua casa para pequenos grupos e oferecem, além de comida gostosa e papo animado, ambientes cheios de boas idéias para receber com muito estilo.

Repotagem visual: Cristina Bava
Texto: Flávia Pinho
Fotos: Salvador Cordaro


Advogada de formação, Letícia Massula deixou qu e a paixão pela cozinha tomasse conta da rotina e da casa inteira. Em 2006, comprou um velho sobrado para morar e também instalar a Cozinha da Matilde. Na reforma, o arquiteto Pôla Pazzanese transformou o segundo piso em uma grande cozinha para receber, na qual imperam cores vivas, objetos de estilos variados e relíquias de família.

Em 2006 a chef Letícia Massula comprou um velho sobrado para morar e também instalar a Cozinha da Matilde. “É uma homenagem a Matilde Urrutia, mulher do poeta Pablo Neruda”, explica. No local, Letícia dá aulas de culinária e promove animados encontros em torno da comida, quase sempre temáticos, com direito a DJ. E a clientela, acomodada nas mesinhas do charmoso jardim, se esquece da vida. Aprenda a fazer uma das iguarias servidas na Cozinha da Matilde, o Mieg Kum, um prato típico da cozinha tailandesa.

Receita – Mieg Kum

Rendimento: 6 a 8 porções

Ingredientes:
5 colheres de sopa de coco ralado e tostado até dourar
3 colheres de sopa de cebola roxa em cubinhos
3 colheres de sopa de limão fatiado finamente
3 colheres de sopa de gengibre em cubinhos
3 colheres de sopa de camarão seco
3 colheres de sopa de amendoim torrado sem sal
2 colheres de sopa de pimenta malagueta ou dedo-de-moça fatiada,
marinadas em nam pla (molho de peixe, à venda em lojas de produtos orientais)
Folhas de alface, azedinha e/ou capuchinha a gosto
1 xícara de calda de tamarindo

Para o molho:
2 colheres de sopa de coco ralado
½ colher de sopa depasta de camarão (à venda em lojas de produtos orientais)
2 colheres de chá de gengibre em cubinhos
1 colher de chá de cebola em cubinhos
3 colheres de sopa de amendoim sem sal
2 colheres de sopa de camarão seco
175 g de açúcar de palma (à venda em lojas de produtos orientais)
550 ml de água

Modo de preparo:
Asse a pasta de camarão, o gengibre, a cebola e o coco ralado em forno a 180ºC, durante 5 minutos, até que o perfume se desprenda. Deixe esfriar. Junte o amendoim e o camarão seco. Passe pelo processador de alimentos ou soque no pilão. Transfira a mistura para uma panela, junte o açúcar de palma e a água e cozinhe em fogo baixo até reduzir para a metade. Deixe esfriar.

Para servir, coloque cada um dos ingredientes, incluindo o molho, em potinhos separados. Os convidados pegam uma folha de sua preferência e colocam, no centro, uma pequena quantidade de cada um dos ingredientes. Depois é só cobrir com o molho e enrolar como uma trouxinha.