Nosotros

A cozinha

A-Cozinha-da-Matilde-(Salvador-Cordaro-para-Casa-Claudia)

Antes de qualquer coisa somos apaixonados por comida, qualquer comida e o que vem junto com ela: história, cultura, ingredientes, técnicas, receitas, utensílios e amig@s, muit@s amig@s em volta de uma mesa sempre farta!

Em 2007 nos mudamos para uma casa, a Matilde, assim batizada em homenagem ao poeta chileno Pablo Neruda e sua companheira, a cantora lírica Matilde Urrutia, para quem ele escreveu Cem Sonetos de Amor. Nossa ideia, além de morar em uma casa com quintal, era abrir as portas como um pequeno restaurante para amigos de amigos, e assim compartilhar com mais gente o nosso prazer de cozinhar e receber. Logo Marina Novaes, que era amiga de longa data, se somou à empreitada e virou a Dj residente da casa.

Em pouco tempo a Cozinha da Matilde ficou famosa e durante mais de 3 anos recebemos muita gente fina, elegante e sincera, para almoços e jantares divertídissimos à sombra de Chica, a jabuticabeira. Mas como em tudo na vida, uma hora cansamos de tanta festa e de literalmente morar em um restaurante. Decidimos não fazer mais eventos por aqui e abrir as portas apenas eventualmente, quando algum acontecimento especial acontece. A casa voltou a ser apenas casa!

Mas aí como além de cozinhar a gente adora escrever e pensar sobre comida, acabamos criando um blog para falar do que vai no prato, que vem das panelas, vai bem com o que está no copo e porque não, com o que sai das pick’ups.

E foi assim que a  Cozinha da Matilde física (que continua sendo o “escritório” da cozinheira),  acabou virando um blog onde uma cozinheira, um médico bom de bico e uma advogada/Dj se divertem falando e produzindo conteúdo sobre o que mais gostam: comida e música (e tudo o que vem junto com este pacote). No meio do caminho uma maluca por palavras se somou à trupe, e o projeto ganhou uma super revisora e escrevinhadora, a Lela Pandjiarjian.

Não por acaso, neste novo layout, lindamente desenhado pela querida Claudia Regina, está retratada a Cozinha da Matilde real. Foi essa a maneira que encontramos para continuar de portas abertas, mesmo que sejam portas virtuais!

Por fim, é importante dizer que não temos nenhuma pretensão profissional com este blog. Fazemos por puro prazer de compartilhar um pouco de conhecimento acumulado. Pela alegria de falar sobre o que a gente adora, e de ver aquilo bonitão na tela. Assim, uma vez que não somos profissas na blogagem, nem sempre conseguimos estabelecer uma regularidade de postagens. Por outro lado, como a gente ama fazer, rola um grande esforço e poucos períodos sem posts. :)

Bem, é isso. Seja bem vindo à nossa Cozinha! Pode abrir a geladeira e checar as panelas sobre o fogão, a casa é sua e logo mais sai uma bóia gostosa para compartilhar com os amigos.

Bom apetite!

Letícia, Marcelo, Marina e Valéria

leticia-massula

 

A cozinheira

Mezzo mineira, mezzo goiana, radicada e apaixonada pela paulicéia desvairada, Letícia Massula é cozinheira, onívora e vive às voltas com as panelas na Cozinha da Matilde.

Nas horas vagas dedica-se à queima de sutiãs.

 

marcelo-pedro

O harmonizador

Marcelo Pedro é daqueles que morre pela boca.

Médico, gourmand e bagre, acredita na comida como alimento do corpo e alma, e que uma refeição não fica completa sem um bom trago!

Bebidas e comida formam a essência das experiências gastronômicas.

Seu lema: um copo por dia traz saúde e alegria!

 

marina-novaes

A Dj

Marina Novaes pilota as pick’ups misturando advocacia, militância pelos direitos dos migrantes com mestrado em história. Tudo temperado com funk, rock e samba rock.

Todos os dias recebe uma dose reforçada de amor incondicional de mãe.

 

 

a-revisora-valeria-pandjiarjian-(arquivo-pessoal)

A revisora

Paulistana disfarçada de armeniazinha, ou vice-versa, Valéria Pandjiarjian não resiste a uma “mesa farta e casa em festa”. Adora a companhia de gente e, cada vez mais, das palavras. Revisa um bocado delas por aqui, vez em quando faz um salteado delas, e traduz outras tantas acolá.

Seu refúgio, nada secreto: o samba!